Ninguém fará o que é preciso.

Nem Dilma, nem Marina, nem Aécio e nem ninguém. Ninguém que seja eleito, fará o que realmente se deve fazer para tornar sério esse país.

O primeiro passo para se corrigir os rumos desse nosso Brasil, é a correção da distribuição da renda do trabalho. Nada funcionará com desenvoltura, enquanto existir trabalhador remunerado com valores que não suprem as necessidades e os anseios seus e de seus dependentes.
Existe pouco dinheiro nas mãos de muitos e muito dinheiro nas mãos de poucos.
Isso não permite que a economia se fortaleça adequadamente, pois a quantidade de indivíduos que possuem muito dinheiro, é pequena para movimentar com eficácia a economia. E a quantidade de indivíduos que seria capaz de fazer a economia se fortalecer, não tem dinheiro suficiente para tanto.
E o pior, é que os indivíduos com muito dinheiro, acabam colocando parte desse volume em mercados exteriores, ou nas mãos das instituições financeiras que recolocam esse dinheiro no mercado, com valor majorado (mais caro, inflacionado), na forma de empréstimos, financiamentos e etc.

Seria simples elevar o valor do salário mínimo para uns R$ 3.000,00 por mês. Mas antes disso precisaria impedir que fossem pagos salários acima de um determinado valor, para que se tenha dinheiro para todos os trabalhadores. E seriam sacrificados, justamente os que mais ganham dinheiro. Ou seja, aqueles que detém o poder de para regulamentar tudo isso.

Agora eu pergunto:
– Se você ganhasse uns trinta mil reais por mês e fosse indagado se desejaria diminuir seus ganhos para uns seis mil reais por mês, para a regulamentação da distribuição da renda no Brasil, o que você responderia?
Pois é…. Aí está a dificuldade.

Publicado em Não categorizado | 2 Comentários

Senador Jarbas Vasconcelos – PMDB/PE

Publicado em 05/04/2014

O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) fez, no dia 2 de abril de 2014, à noite um dos seus discursos mais contundentes contra o PT e o Governo Dilma Rousseff, ao defender uma profunda investigação sobre os problemas na administração da Petrobras. “Não posso aceitar, que o Partido dos Trabalhadores, a mim pessoalmente, passe a querer dar aulas, ensinar como se deve fazer política, como se devem fazer as coisas corretamente, e, sobretudo, no campo ético. Como é que um partido que tem a ex-cúpula dirigente na Papuda quer dar lições de moral para a gente aqui?”.
De acordo com Jarbas, toda antiga cúpula do PT está presa, condenada pelo Supremo Tribunal Federal devido ao envolvimento no “escândalo do mensalão”. “O capitão do time (José Dirceu) está recolhido no Presídio da Papuda. O tesoureiro do partido (Delúbio Soares), que meteu a mão, comeu dinheiro, está na Papuda. José Genoíno, que foi líder do partido, está na Papuda. O João Cunha — que presidiu a Câmara –, está na Papuda”.
Para o senador, uma investigação sobre a Petrobras deve procurar saber, entre outras coisas, a razão de a Venezuela, por meio de sua estatal petrolífera, a PDVSA, não cumprir o acordo de financiar 40% da Refinaria Abreu e Lima, que está sendo erguida no Porto de Suape, em Pernambuco. “Foi como uma negociação entre dois municípios dos mais inexpressivos do Brasil. Um diz “vamos abrir uma bodega, você entra com 60%”, o outro bodegueiro entra com 40%. Depois, o que entrou com 40% diz que não vai pagar mais a bodega. E o bodegueiro aceita”, ironizou Jarbas.
O senador do PMDB de Pernambuco admitiu ter se arrependido por assinar o pedido de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar os recentes escândalos na gestão da Petrobras. “Eu me arrependo da hora em que nasci quando assinei esta CPI. Eu não deveria ter assinado. Mas, em política, tudo o que a gente tem que explicar é complicado. Essa CPI não vai dar em nada. Essa CPI vai ser uma farsa! Em um ano de Copa do Mundo, de eleição, a gente vai compactuar com algo que não vai funcionar”.
Na avaliação de Jarbas Vasconcelos, é muito melhor pressionar o Ministério Público para que se junte ao Tribunal de Contas e à Polícia Federal no trabalho de investigação. “Eu não posso aceitar que um partido que pedia CPI contra tudo e contra todos, um partido que votou contra Plano Real, que votou contra a Lei de Responsabilidade Fiscal, um partido que ameaçava entrar com CPI contra tudo e contra todos venha, hoje, querer ensinar a gente aqui a não fazer CPI, fazendo a gente de bobo, de tolo, de idiota. Isso, permita-me, é mais do que uma manobra”.
O senador do PMDB também alertou para a herança que os presidenciáveis da oposição — Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB) — podem receber, caso derrotem a presidente Dilma Rousseff nas eleições de outubro próximo. “Terão dois reajustes que vão mexer no bolso do povo: o combustível e a energia elétrica. O setor elétrico está quebrado, completamente quebrado pela presidente Dilma”, argumentou Jarbas Vasconcelos. (03.04.2014)

 

Acesse: https://www.youtube.com/watch?v=ZQXq8ErvZRI

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

Senador Mário Couto – PSDB/PA

Publicado em 02/04/2014

Em vez de proporem uma CPI própria para investigar denúncias contra tucanos – o que seria mais fácil por ter ampla maioria no Congresso -, petistas decidem manobrar para não apenas enterrar a CPI da Petrobras, mas acabar com a minoria no Senado. Tucano Mário Couto esteve entre os que protestaram contra decisão do presidente da Casa, Renan Calheiros, e reiterou que Brasil vive ditadura branca.

Acesse: https://www.youtube.com/watch?v=ecKTekDqdhE

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

Racismo.

Racista? Não! 

Não sou contra o negro, o amarelo, o vermelho, o rosa…

Sou contra o sujo, o mau cheiroso, o bêbado, o drogado, aquele que não percebe que o seu espaço termina onde começa o meu.

Racista, não! Apenas escolhendo aqueles que podem me complementar ao invés de me proporcionar perdas, inclusive de tempo.

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

VENENO P/MATAR MARIDO!!!


         VENENO P/MATAR MARIDO!

           Numa pequena cidade do interior, uma mulher entra em uma farmácia e
          fala ao farmacêutico:
      – Por favor, quero comprar arsênico.
      – Mas… não posso vender isso ASSIM!
      – Qual é a finalidade? – Matar meu marido!!
      – Pra este fim… piorou… não posso vender!!!
       A mulher abre a bolsa e tira uma fotografia do marido,transando com a
       mulher do farmacêutico.
              – Ah bom!… COM RECEITA É OUTRA COISA.

Colaboração: Nataniel Oliveira.

Publicado em Entretenimento | 1 Comentário

É SEU DIREITO SABER

01 – Importante: Documentos roubados – BO (boletim de occorrência) dá gratuidade – Lei 3.051/98 – VOCÊ SABIA???

Acho que grande parte da população não sabe, é que a Lei 3.051/98 que nos dá o direito de em caso de roubo ou furto (mediante a apresentação do Boletim de Ocorrência), gratuidade na emissão da 2ª via de tais documentos como:
Habilitação (R$ 42,97); Identidade (R$ 32,65); Licenciamento Anual de Veículo (R$ 34,11)..

02 – MULTA DE TRANSITO : essa você não sabia
No caso de multa por infração leve ou média, se você não foi multado pelo mesmo motivo nos últimos 12 meses, não precisa pagar multa.
É só ir ao DETRAN e pedir o formulário para converter a infração em advertência com base no Art. 267 do CTB. Levar Xerox da carteira de motorista e a notificação da multa. Em 30 dias você recebe pelo correio a advertência por escrito. Perde os pontos, mas não paga nada.

03 – Você que financiou um veículo, não acha os juros abusivos (principalmente quando se atrasa algumas parcelas)? Que tal receber o dinheiro abusivo dos juros de volta com alguns adicionais?
Parece brincadeira mas não é, ao financiar um veículo, a financiadora entrega a concessionária um valor omisso chamado “cheque garagem”, esse valor sai do SEU BOLSO, adicional na sua parcela. Além de que os juros cobrados sempre são maiores que o previsto por lei. Converse com um advogado e peça informações sobre “revisional de financiamento”… se você ainda não terminou de pagar seu veículo até sua parcela poderá diminuir consideravelmente.

04 – O povo ainda cai na lábia dos artistas globais sarados que perdem peso com muito esforço, exercícios e dieta! (risos)
É claro que não! Pensa bem, como que conseguiriam perder tanto peso em pouco tempo se não tivessem um “segredinho”!! a receita da maioria deles é extremamente simples, passou na coluna bem estar dessa semana o endereço na internet: http://www.tvsaudeemfoco.com.br/receita-famosos/

Colaboração: vanessa@noticiaparaamigos.com.br

Publicado em Utilidade Pública | Deixe um comentário

INFLAÇÃO

Desde o início da minha fase de conscientização política ouço falar sobre inflação (hoje muito menos, felizmente). E desde então procuro explicações sobre sua origem, já que ninguém conseguiu me esclarecer o fato, mesmo com a diversidade de opiniões.
Ouvi dizer até que o aumento salarial seria um mecanismo provedor da situação inflacionária. O que não me convenceu pelo fato de acreditar que quanto mais se ganha, mais se consome; quanto mais se consome, mais se obriga a produzir; quanto mais se produz, mais desenvolvimento se promove; quanto mais desenvolvimento, maior fortalecimento econômico.
Então, o que gera a inflação?
Me faço acreditar que o que gera a inflação não é o aumento salarial, mas sim uma política salarial que ignora a necessidade de prover renda satisfatória às necessidades do cidadão e de seus dependentes.
Mas existe uma dificuldade para realizar essa satisfação sem exceder a capacidade econômica da nação, ou seja, das suas empresas.
Isso refletiria imediatamente nos picos das folhas de pagamento, acusando os altos salários como responsáveis por essa inflação das folhas de pagamentos.
Assim sendo, para obtermos desenvolvimento sem inflacionar a economia, devemos criar uma política salarial que preserve as necessidades dos trabalhadores e de seus dependentes, sem comprometer a capacidade econômica das empresas. Isso não é difícil e nem complicado. Exemplifico da seguinte maneira: Se temos os trabalhadores José, João e Pedro ganhando os salários de R$ 800,00, R$ 1.200,00 e R$ 2.000,00 respectivamente, podemos minimizar essas diferenças sem ultrapassar o total de R$ 4.000,00 dessa folha de pagamento (a soma dos valores). Para tanto deveremos diminuir o salário do Pedro e repassar o valor dessa diminuição aos outros ou somente ao menos favorecido (José).
É claro que ninguém está disposto a abrir mão de parte da sua renda em favor de “José” nenhum. Mas isso pode ser realizado nas ocasiões de reajustes salariais, proporcionando-se aumentos maiores para as faixas salariais de menores valores e aumentos menores para as faixas salariais de maiores valores. Pode-se (e deve-se), inclusive, congelar os salários que apresentam um valor muito acima da realidade dos salários menos compensatórios.
Dessa maneira, estará sendo estendida a capacidade de consumo à todos os trabalhadores, estabelecendo-se uma sustentabilidade econômica muito forte e eficaz.
Esse processo não pode ser visto como prejudicial a quem quer que seja. Pois ao se garantir uma capacidade de consumo a todos os trabalhadores, estará se diminuindo as diferenças e proporcionando os direitos básicos, aproximando as classes e promovendo uma condição favorável para um bom convívio social.

😐 NR Pedroso.

Publicado em Utilidade Pública | Deixe um comentário